SaeR - Sociedade de Avaliação de Empresas e Risco

RT SaeR - Setembro de 2005

O que fica

Tempos interessantes

Vivemos tempos interessantes. Tempos em que nada se repete. Estes tempos são paradoxais: muitas das inovações produzidas pelas sociedades geram nelas próprias uma reacção defensiva face à alteração das rotinas que as inovações impõem.

Estratégia de empresa

A indústria do calçado de luxo em França

A falência das casas “Stéphane Kéliam” e ‘Charles Jourdan” demonstra que o governo francês parece não entender as causas da deslocalização das empresas. Geralmente, os subsídios governamentais constituem meros paliativos que mais não fazem do que adiar decisões dolorosas.

União Europeia

Os mercados emergentes e o futuro das empresas portuguesas: UE e a Lusofonia

As empresas nacionais continuam sem tirar o legítimo proveito do facto de Portugal estar integrado no conjunto de países de língua portuguesa.

Mercado Monetário e Financeiro

Instrumentos financeiros e risco de taxa de juro

Embora existam riscos de aumento, nos próximos tempos as taxas de juro de curto e juro prazo apresentam limitado potencial de subida.

Tema de Fundo

O Turismo: uma oportunidade e uma plataforma estratégica para o desenvolvimento da economia portuguesa

Representando já 7% do PIB e 8% do emprego, o turismo pode e deve constituir um factor de transformação da economia portuguesa no sentido de um novo modelo de desenvolvimento.

Internacional

Reformas financeiras e económicas em França

As 13 medidas económicas e financeiras acabadas de anunciar pelo governo francês mostram uma surpreendente dinâmica do Executivo de Dominique de Vilepin.

Espanha

Continuam os desequilíbrios

A economia espanhola acentuou os seus desequilíbrios, que estão centrados num peso excessivo da despesa das famílias, no crescimento económico e numa perda de competitividade.

Brasil

Revisão de cenários para a economia brasileira em 2005 e 2006

Conjuntura Internacional

Factores de risco

Conjuntura Portuguesa

Crescimento das exportações atenua pessimismo

Cada vez mais dependente da situação da zona euro, a economia portuguesa assistiu no segundo trimestre a uma evolução favorável do crescimento das exportações, facto que atenua o pessimismo que subsiste.

Relatório Trimestral SaeR

Para adquirir o Relatório SaeR, por favor utilize o formulário abaixo:

 (*)
 
 
 
(*)
 
 
(*)
(*)
 (*)

Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório.
Consulte a nossa política de privacidade de dados.

Notícias

Clube SaeR

Aceda aos conteúdos exclusivos e receba regularmente a newsletter SaeR directamente na sua caixa de e-mail.

Contactos

Rua Luciano Cordeiro, 123 4º Esq.
1050-139 Lisboa
Portugal

Tel: +351 213 030 830
Fax: +351 213 030 839
E-mail: saer@saer.pt